INNOVARE: consultores do escritório visitam 25 práticas do Maranhão até dia 6 de julho

INNOVARE: consultores do escritório visitam 25 práticas do Maranhão até dia 6 de julho

O escritório Lara, Pontes & Nery Advogados, com o sócio Marco Lara, é o responsável pelas entrevistas e relatórios do Maranhão.

O escritório Lara, Pontes & Nery Advogados é o escritório referência do Prêmio Innovare no Maranhão, desde 2013. Ao longo desse período até hoje é responsável pela análise das práticas relacionadas ao sistema de Justiça (Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia) inscritas no prêmio no Estado maranhense.

Até o próximo dia 6 de julho, estarão sendo realizadas as visitas e entrevistas in loco das 25 práticas inscritas no Prêmio Innovare 2019 –
– 24 práticas locais e mais uma prática de Timon, que foi inscrita pelo Estado do Piauí. . No Maranhão, o total é de 29, sendo 15 práticas do Ministério Público, cinco de juiz individual, , duas da Defensoria Pública, duas de Tribunal e cinco práticas da sociedade (Justiça e Cidadania) – que são visitadas por técnicos do Data Folha.

Marco Lara, sócio do escritório e consultor do Prêmio Innovare há 13 anos, destaca a importância de atuar no projeto. “O que mais me alegra no exercício dessa função em todo esse período é ver o entusiasmo dos autores na execução de algo que extrapola as suas funções triviais e passa a irradiar efeitos em benefício da coletividade”.

O advogado já visitou, neste ano de 2019, práticas em São Luís e Imperatriz. Sócios do escritório credenciados para fazerem as visitas e entrevistas estão percorrendo o Estado também visitando as práticas.

“A criatividade dos profissionais não tem limites. Não há monotonia nesse trabalho pelo Innovare pois a cada ano sempre aparece algo novo e surpreendente que, não raras vezes, emociona e reacende a esperança de um futuro melhor para o nosso país, já tão castigado pelas heranças históricas que nos atrapalha na busca por cidadania, igualdade e desenvolvimento sustentável”, completou Lara.

PRÊMIOS

Ao longo dos últimos 13 anos como consultor e dezenas de práticas visitadas no Maranhão e também no Piauí, como a exemplo de 2017 e 2018, Marco Lara destaca que, das que foram finalistas, todas sagraram-se vencedoras do Innovare em suas respectivas categorias. Foram elas:

2012 – IX Edição do Prêmio: “Assistência a atingidos pela hanseníase no Maranhão” – Defensoria Pública da União – Maranhão – vencedora na Categoria Defensoria Pública

Mais informações AQUI.

2014 – XI Edição do Prêmio: “Fortalecendo os vínculos familiares” – Defensoria Pública do Estado do Maranhão – vencedora na Categoria Defensoria Pública

Mais informações AQUI

2016 – XIII Edição do Prêmio: “Hipervulneráveis e o acesso a saneamento básico: do esgoto ao mínimo existencial” – Defensoria Pública do Estado do Maranhão

Mais informações AQUI

2017 – XIV Edição do Prêmio: “Sistema de Apreciação Antecipada de Benefício” – Juiz José Vidal de Freitas Filho – Vara de Execuções Penais de Teresina (PI)

Mais informações AQUI

2018 – XV Edição do Prêmio: “Construindo gestores do futuro: Estratégias de prevenção contra o desvio de recursos públicos destinados à educação” – Ministério Público do Piauí

Mais informações AQUI

Além dos três prêmios conquistados pelo Maranhão com o advogado Marco Lara visitando a prática, o Estado também já havia conquistado um Innovare no ano de 2004, na categoria Juiz, com o projeto do ex-juiz Márlon Reis, “Integração Justiça Eleitoral e sociedade civil”.

EDIÇÃO 2019

A 16ª Edição do Prêmio Innovare tem 617 práticas na disputa. O tema é livre em todas as categorias e haverá um prêmio destaque para a iniciativa que tiver como principal propósito a Promoção e Defesa dos Direitos Humanos.

A categoria que teve mais inscrições validadas foi Justiça e Cidadania (170 trabalhos), seguida de Ministério Público (165), Juiz (100), Defensoria Pública (78), Advocacia (57) e Tribunal (47). Entre os estados com maior número de práticas participantes estão São Paulo (99), seguido de Paraná (52) e Bahia (42).

O trabalho de verificação e entrevistas vai até o dia 6 de julho. Esta é uma das fases mais importantes da premiação, quando os consultores do Innovare visitam cada um dos selecionados, fazendo entrevistas e verificando o alcance de cada trabalho no local onde ele é executado. As práticas da categoria Justiça e Cidadania são visitadas por consultores do Data Folha. A partir das informações coletadas, os consultores preparam relatórios que colaboram com a avaliação da Comissão Julgadora.